COMPARTILHE
 

Fonte: Guia do Documentos | http://guiadocumentos.com.br/

Um dos maiores medos (senão o maior) dos solicitantes do visto americano é ter o visto americano negado.

Nesta hora, muitos entram em desespero, pois preencheram o formulário DS-160corretamente e procederam tudo conforme as instruções da Embaixada Americana.

E, mesmo assim, receberam a temida carta de negativa do visto americano.

Acalme-se.

Lembre-se que a decisão de aprovação do visto é arbitrária, isto é, depende da vontade do agente consular que o atender.

É possível você ter seu visto negado, mesmo apresentando todos os documentos e ter o perfil sem nenhum fator negativo (muito raro de ocorrer, mas não impossível, infelizmente).

Continue conosco, pois este artigo será de muita utilidade, tanto para quem teve o visto negado, quanto para quem ainda não finalizou (ou ainda nem iniciou) o processo de aplicação para o visto americano.

Este artigo irá lhe ensinar o que fazer caso tenha seu visto americano negado e também, caso ainda não tenha passado pela entrevista do visto americano, quais são os motivos mais usuais que ocasionam a negativa do visto.

Ao ter um visto americano negado, o solicitante receberá uma carta com a motivação da negativa, juntamente com o Passaporte.

Veja quais os principais motivos que ocasionam a negativa do visto:

1º (e mais importante) – Não demonstrar laços e vínculos com o Brasil

Isso quer dizer que sem a comprovação de vínculos duradouros, como família, emprego e bens no Brasil, dificilmente a pessoa terá um visto concedido.

Segundo o Consulado, essas garantias, dão o aval de que o viajante não pretende “engrossar as fileiras de imigrantes ilegais em território Americano”. (Seção 214b.)

2º – Não comprovar recursos financeiros suficientes para custear a viagem

Não comprovar de forma eficiente de que dispõe de recursos financeiros para a realização da viagem e os meios necessários para se manter durante a viagem.

Essa comprovação, geralmente se faz por apresentação de declaração de IR (Imposto de Renda), comprovantes de contas bancárias, apresentação de Holerites de pagamentos e contracheques.

Essa prova também é exigida quando um terceiro irá pagar pela viagem, isto é, o patrocinador da viagem (sponsor ou simplesmente o fiador).

Visto Americano Negado

3º – Erro(s) no preenchimento do Formulário DS-160

Erros ou discordância das informações prestadas no preenchimento do formulário DS-160 ou a falta deles (omissões), poderão ocasionar a negativa do visto, segundo interpretação Consular. (Seção 221g.)

É de extrema importância que todas as informações inseridas no formulário DS-160 estejam corretas.

Por isso, é importante a honestidade.

Se o Cônsul verificar que você pode estar mentindo ou omitindo algum dado ou circunstância, fatalmente você terá o visto americano negado.

4º – Pessoas com perfil Inelegível ao Visto Americano

Existem algumas pessoas que se enquadram em um perfil que os tornam inelegíveis à obtenção do visto americano.

É o caso de pessoas portadoras de doenças infectocontagiosas, condenados de crimes, deportados dos EUA, pessoas procuradas pela justiça, investigados com suspeita de envolvimento com terrorismo, entre outros motivos excepcionais ou de segurança nacional.

5º Má conduta na entrevista

Entenda por má conduta, o excesso de nervosismo e resposta inadequada às perguntas do entrevistador, gerando desconfianças e incertezas no mesmo.

As perguntas feitas pelo agente consular na grande maioria das entrevistas serão as mesmas.

Usualmente as perguntas são curtas e objetivas.

Com isso em mente, sempre as responda da mesma maneira: de forma clara e objetiva.

Quando requerer novamente o Visto Americano?

Uma vez declarada a negativa do visto, será apontado o motivo da recusa.

Motivo de recusa pela Seção 214(b)

Essa negativa, permite ao requerente tentar novamente quando bem entender.

É necessário compreender o que motivou a recusa da aprovação do Visto.

Geralmente, a Autoridade Consular não se convenceu de que o requerente tem vínculos fortes ou é capaz de se manter durante a viagem, e por isto, a negativa do Visto.

O requerente deverá, em caso de nova tentativa, anexar documentos que possam convencer a autoridade Consular a emitir o Visto Americano.

Se o solicitante decidir solicitar novamente o visto, será necessário realizar um novo agendamento, pagar uma nova taxa de visto e comprovar que houve uma mudança em sua situação desde a solicitação anterior do Documento.

Há também casos em que não há explicação aparente para a não emissão do Documento. Nestes casos, o livre-arbítrio deve ser exercido.

Motivo de recusa pela Seção 221(g)

Essa negativa, 221(g), é quando o entrevistador interpreta que faltam documentos comprobatórios.

Ao receber a carta motivo da recusa, ela indicará a provável lista de documentos que deverão ser apresentados para que a emissão do visto seja efetuada.

A carta também trará instruções de sobre como enviar os documentos adicionais.

O solicitante não terá que pagar novamente a taxa MRV.

O envio dos documentos adicionais requeridos deverá ser feita em um prazo máximo de 01 ano, ou a solicitação pendente será encerrada.

Se houver, ainda, um informe de que o requerimento está sob análise administrativa, o prazo de um ano não terá efeito.

Se documentos adicionais forem requeridos, o requerente será contatado.

rodape 2019